2 de junho de 2010

Slumdog Millionaire

Ontem em vez de estudar para Marketing pus- me a ver o fim de um filme que me soube a pouco, daí ter perdido mais umas horas com outro.
A verdade foi que Slumdog Millionaire fez valer a pena as poucas horas de sono (e de falta de estudo). Nunca me tinha interessado muito por este filme, talvez porque sempre que uma película é demasiado publicitada e comentada eu perca a curiosidade.




Este filme de Danny Boyle revela- nos uma Índia diferente daquela que aparece geralmente nas telas- a pobreza e a realidade daquele povo sufocaram- me. O guião está qualquer coisa de fantástico, mérito para Simon Beaufoy que conseguiu criar ligações entre as personagens realmente belas e dolorosas. Sem contar que toda a construcção do filme, com viagens ao passado de Jamal é primorosa.
Esta história é uma de amor, mas tão bem camuflada que é difícil reparar. Afinal, a participação de Jamal no programa tem um intento romântico que acaba por fugir aos clichés. (Aleluia!)


O melhor desempenho é o das crianças indianas! Admira- me que aqueles meninos e aquelas meninas, sem qualquer formação e vindas de meios muito pobres consigam interpretar de modo magistral.



Dev Patel como Jamal também se revela, embora este não fosse o seu primeiro trabalho em cinema. Freida Pinto é que permanece apagada, talvez por interpretar uma fase de Latika em que ela não tem grande vivacidade. Fico sem entender o porquê de tantas propostas de trabalho que a jovem teve após a estreia de Slumdog Millionaire...




No genérico final rspiramos a felicidade dos personagens, que finalmente se reencontram sabendo que o futuro é seu. No fim de horas de tensão, foi tão agradável assistir à coreografia super animada que também foge aos padrões. De facto, é completamente o oposto do resto do filme. Estranhamente Dev Patel mostra- se um óptimo dançarino, ao contrário de Freida...



A banda- sonora realmente é incrível, sendo M.I.A a voz mais notável.
Ironicamente neste momento está a dar na rádio uma das músicas mais conhecidas :)