30 de agosto de 2011

Actrizes Francesas em Hollywood

Não é de hoje que actrizes francesas entram em filmes americanos, tornando-se famosas neste circuito, como nos casos de maior relevo, Catherine Deneuve, Juliette Binoche.
À nova vaga pertencem nomes como Marion Cotillard, Léa Seydoux ou Clémence Poésy que já se tornaram famosas em Hollywood por filmes como Big Fish, Inglorious Bastards e Harry Potter, respectivamente. Audrey Tatou e Eva Green (Da Vinci Code e Casino Royale) poderiam entrar no lote, embora os seus trabalhos na indústria norte-americana não se tenham acumulado propriamente.

Catherine Deneuve


Juliette Binoche


A mais activa parece Marion Cotillard, que após Big Fish, Nine e Inception (um dos filmes mais consagrados de 2010), acaba de gravar Contagion, onde contracena com grandes nomes como Matt Damon, Kate Winslet, Gwyneth Paltrow e Jude Law. Menos não seria de esperar da vencedora de um Óscar para Melhor Actriz, com o filme La Vie en Rose, que foi um sucesso nos E.U.A..






Léa Seydoux tem apostado na internacionalização, partcipando em Mistérios de Lisboa e As Linhas de Torres (pré-produção), duas obras do malogrado Raol Ruiz, gravadas em Portugal. Tem no currículo Inglorious Bastards, Midnight at Paris, Impossible Mission 3 (pós-produção). Com apenas 26 anos pode orgulhar-se de ter trabalhado com Woody Allen e Tarantino.





Cleménce Poésy entrou no circuito americano através da saga Harry Potter, seguiram-se In Burges, 127 Hours e uma participação na série Gossip Girl.





Eva Green estreou este ano Perfect Sense, um filme anglo-germânico, mantendo-se pouco fiel aos filmes de Hollywood após Casino Royale e The Golden Compass.





Audrey Tautou tembém é um caso de infedilidade aos filmes norte-americanos, participando em inúmeras películas de origem francófona. Ao que parece as belas actrizes deram espaço de manobra para qe outras estrelas pudessem brilhar nas red carpets de Hollywood, mas suspeito que em breve se renderão a esta indústria.




Clotilde Hesme, que também participou em Mistérios de Lisboa, é a minha aposta pessoal de próxima estrela em ascensão no panorama norte-americano.



Ponyo à Beira Mar

Um dos melhores filmes de animação feito segundo os processos tradicionais, algo que se torna raro no cinema de animação de qualidade. As fábulas de Hayao Miyazaki misturam sempre lendas japonesas com outros contos, sendo, neste caso, A Pequena Sereia de Hans Christian Andersen uma forte inspiração.


Sosuke é um rapazinho que salva um peixinho dourado, chamando-lhe Ponyo, sem saber que se trata de uma princesa dos mares. Assim se inicia uma catástrofe, os confrontos entre Mar e Terra, pois o pai de Ponyo quer que a filha viva nos mares, enquanto a princesa quer ser humana para ficar perto de Sosuke.


A amizade entre os dois personagens traz a paz à Natureza. E é esta história de amizade que delicia o espectador, por ser tão genuína como só crianças conseguem sê-lo. Miyazaki consegue sempre agradar a míudo e graúdos com esta técnica narrativa que mistura sonho com realidade, mostrando-nos mundos de fantasia que poderão existir só na imaginação dos amis sonhadores ou num universo paralelo ao nosso.

21 de agosto de 2011

Colin Farrell

O actor irlandês, nascido a 31 de Maio de 1976, alcançou sucesso em Hollywood com diversos papéis, desde militares, imperadores, escritores a vilões cómicos... Mas nem sempre foi assim, após uma atribulada vida académica Colin fez vários trabalhos em publicidade e teatro. Posteriormente deu o salto para a TV, actuando em séries. No cinema foi o seu papel em Tigerland, após ter trabalhado com Kevin Space a pedido do veterano, que captou a atenção para uma estrela que crescia, sucedendo-se convites para trabalhos. Ao mesmo tempo que ascendia no cinema americano participava em filmes de baixos orçamentos na Irlanda, mostrando uma humildade incomum.



Conhecido pelas suas atitudes de bad boy e, principalmente, pelos seus problemas com drogas e álcool, Farrell diz tudo o que pensa, assume os seus erros numa vida passada mais boémia mas é extremamente profissional, coleccionando elogios de todos que com ele trabalham.





Ordinary Decent Criminal | 2000


Tigerland | 200


Hart's War | 2002


Minority Report | 2002


Phone Booth | 2002


The Recruit | 2003


Daredevil | 2003


Veronica Guerin | 2003


S.W.A.T. | 2003


Intermission | 2003


A Home at the End of the World | 2004


Alexander | 2004


theNew World | 2005


Ask The Dust | 2006


Miami Vice | 2006


Cassandra's Dream | 2007


In Bruges | 2008


Pride and Glory | 2008




Triage | 2009


Ondine | 2009


Yhe Way Back | 2010


London Boulevard | 2010


Horrible Bosses | 2011


Fright Night | 2011