19 de novembro de 2012

Les Emotifs Anonymes

 O filme de Jean-Pierre Améris data o ano de 2010 e tem como estrelas principais Benoît Poelvoorde e Isabelle Carré. Ele é dono de uma chocolataria em falência e ela uma doceira que se candidata ao posto de chefe de vendas, por engano. O que têm em comum para além do amor ao chocolate? Os dois são "Emotivos", incapazes de controlarem as próprias emoções e donos de uma grande timidez.




Comédia leve, mas em nada preguiçosa, como tantas comédias-românticas o são... O ambiente ser em volta de uma chocolataria em falência, que necessita urgentemente de uma reviravolta miraculosa, poderia tornar o filme num lugar comum, mas são as características do casal que tornam tudo quase irreal. Os dois com problemas emocionais que os levam a agir de formas inusitadas e caricatas demais para ser real. O ambiente da chocolataria torna-se assim quase fantástico, sobretudo quando nos deparamos com cenas musicais ou de degustação de inspiradoras iguarias. O cariz naive  desta obra enternece quem vê se estiver em disposição para tal, mas enjoa aqueles mais cépticos em relação a utópicos contos de fadas.




Destaco o guarda-roupa, que valoriza o classicismo parisiense,  embora com um twist que confere às personagens gosto individual e modernidade. Com um casal tão apegado às emoções dever-se-ia fazer exactamente isto: brincar com detalhes do guarda-roupa para dar vida a looks tão predefinidos.







Sem comentários:

Enviar um comentário