15 de abril de 2012

Amor Adolescente




Tanto em Restless (2011), como em Submarine (2010), é focado o Amor Adolescente, sempre conturbado, sempre o primeiro, sempre meio inocente. Mas nestas películas, o imaginário dos membros masculinos dos casais é mostrado a frio, despindo-os e tornando-os mais que meros adolescentes sedentos de novas experiências.  Craig Roberts, Oliver em Submarine e Henry Hopper, Enoch em Restless não parecem míudos do hoje, mas sim míudos de ontem, criados a partir de memórias reais... Ou serão os míudos de hoje assim, amam assim, sentem-se assim, sozinhos numa espiral depressivamente doce?

Oliver | Enoch


As semelhanças entre Mia Wasikowska, Annabel no filme de 2011 e Yasmine Paige, Jordana no filme de 2010 são nulas. A primeira é o optimismo, a vontade de aproveitar cada segundo para aumentar o seu conhecimento, cheia de luz e vivacidade. A segunda pode ser vista como uma jovem mais obscura nos seus intentos, sempre com um fim para os seus meios, com trejeitos de menina-mulher como carapaça para as suas vulnerabilidades.


Annabel | Jordana



 O factor família também faz destes adolescentes o que são, tendo repercurssões desmedidas nos seus comporatmentos. Dois filmes bons de ver, que já se tornaram de culto e que investem numa nova abordagem aos romances juvenis, uma abordagem mais negra, mais pessoal, mais séria.

Sem comentários:

Enviar um comentário